domingo, 1 de maio de 2011

Cap. 5 - Confuse

Joe on:

Tentei ir atrás de Demi, mas ela entrou no primeiro táxi que apareceu. Nem se quer me deixou explicar.
 Eu estava confuso, muito confuso, mas não em relação a ela. Eu sei que a amo, sempre a amei, e isso não tinha nenhuma pretensão de mudar.
 Peguei o celular e disquei seu número mas, só caía na caixa postal... Ela não queria falar comigo. “Que droga, eu arruinei tudo, mais uma vez. Parabéns seu idiota. Perdeu a garota da sua vida, DE NOVO!”

- Joe? – Ouvi alguém chamar, olhei pra trás. Era a Sel. – Cadê a Demi?

- Ehn... Ela foi embora. Estava muito cansada. – Sorri. Mentiras, mentiras, odeio mentiras.

- Sei. – Disse a Sel, obviamente sem ter acreditado em mim. – Bom, Joe, eu espero que você esteja bem... Quer dizer, eu sei que você não está, mas, vai ficar tudo bem my friend. – Disse ela, e depois me abraçou. Eu realmente tenho os melhores amigos do mundo. – O pessoal já ta querendo ir embora... Você se sente bem, pra ir, dirigir?

- Claro Sel. – Sorri. – Eu estou bem. Vamos?

- Vamos. – Ela mal acabou de falar e o pessoal saiu da lanchonete.

- Poxa, mano... Eu sinto muito, aquela vadia... – começou o Kev.

- Ah, não se preocupe com isso Joe, eu cuidei dela direitinho. – Disse a Taylor rindo.

- Pessoal, não quero falar disso, ok? Vamos embora?

- Vamos.

Joe off.

Demi on:

 “Não acredito, não posso acreditar que o Joe me usou pra se sentir mais homem depois do que aquela piranha ridícula com cara de poodle fez. Que raiva. Será possível? O Joe deve ter algum tipo de problema, não é possível!”

- Acho que já chegamos, senhorita. – Falou o taxista, me tirando de meus pensamentos.

 O encarei, sem entender, depois me toquei, olhei pela janela e óbvio, estávamos parados na frente da minha casa. – Ah, claro. – Paguei o táxi e entrei em casa.

- Cheguei mãe. – Gritei, já subindo as escadas pra me esconder debaixo da minha cama.

- Demi, calma, tem alguém aqui que quer te ver. – Gritou minha mãe lá da cozinha.

“Me ver? Quem pode ser?” Pensei enquanto ia em direção a cozinha.

- Demi! – Alguém gritou.

- Paaaaaaaaaai! – Sorri. Fazia exatamente 3 meses que não via meu pai. Ele e minha mãe se separaram a muito tempo, e eu e meu pai nos víamos sempre mesmo assim. Mas há três meses, ele foi transferido no emprego para outra cidade, o que acabou nos afastando um pouco. Não acreditava que ele tinha vindo me ver. Que lindo o meu pai!

- Como você mudou em três meses, mocinha. – Disse ele me abraçando.

- Ai pai, senti tanto a sua falta.

- Eu também minha filha.

Quando finalmente nos soltamos, me sentei na mesa com meus pais...

- Seu pai veio te ver Demi, ele só tem 3 dias de folga aqui na cidade. E queria te levar pra jantar amanhã à noite. Tem algo marcado com seus amigos? – Falou minha mãe. Ela adorava quando eu ficava com meu pai, mesmo separados, eles eram amigos e se entendiam muito bem.

- É Demi, tenho uns assuntos pra conversar com você, minha filha.

- Claro pai, vai ser ótimo.

- Que bom então. Podemos ir ao Cheescake Factory, você adorava aquela lanchonete e...

  “Ah não, depois de hoje, eu quero distância de lá.”

- Se importa se fomos á algum lugar diferente? Um restaurante de verdade?

- Ah, sem problemas meu anjo.

- Ótimo então. – Sorri. – É tão bom ter você de volta pai. Mas, eu preciso de um banho... Vai ficar aqui até...

- Não, na verdade eu já estou de saída. Tenho algumas coisas pra resolver na cidade.

- Ah, então ta. – Abracei meu pai. – Te amo muito pai, até amanhã.

- Também te amo princesa... Passo aqui ás 7 em ponto, ta bom pra você?

- Está ótimo! – Sorri. – Tchau pai.

 Subi as escadas e entrei no banho... A visita do meu pai me fez esquecer meus problemas com o Joe por um tempo. Até cantei no chuveiro.

 Saí do banho, liguei meu celular...

 1 Chamada Perdida
       Joe Jonas

“Aiiiin meu Deus”

 Ignorei a ligação, sentei na cadeira da escrivaninha, liguei o computador.

 Abri meu TUMBLR, e comecei a postar textos e mais textos, alguns felizes... inspirados pela vista do meu pai, outros confusos... inspirados pelo beijo de Joe.

 Depois, quando minha inspiração pra escrever acabou, abri o MSN.

Joe Jonas diz:
 - Oi.

Continua....

9 comentários:

  1. oooooooi,(: nova seguidora e leitora da sua história.
    AAAAAAAAAAAAAAH! pai da demi é muito fofo, vamos combinar. KK meu sonho é abrir meu msn e aparecer: Joe Jonas diz: Oi. KKK, acho que eu surtaria! 'O' a fic tá ótima, vocês escreve muuuito bem!
    xoxo.

    ResponderExcluir
  2. Oh Gosh... O que vai acontecer? A Demi vai responder? Vai sair do msn? Posta logo

    ResponderExcluir
  3. PERFEITO, como sempre. MARAVILHOSO, LINDO, DEMAIS, FOFO. AAMEI*
    O que vai acontecer? posta posta logo...
    Beijos diva ~

    ResponderExcluir
  4. AAAAAAAAH! Mais mais mais mais mais ... HUHUHU to ficando viciada heein vanessa! Tudo culpa sua, HUMPF! hahahahaha te amoooo amigs <3 posta logo se nao eu morro !! Eu tava fazendo a minha ontem e acontece a meeesma coisa do msn hahahaha SOMOS GEMEEAS iaaaau !
    Xooooo ^__^

    ResponderExcluir
  5. aaaaah super divo amooor! sério acho que entendi o Joe Jonas diz:
    - Oi.

    Ele queria dizer : Dems, desculpa pelo beijo, mas eu te amo, nada foi em relação a Vacashley. Eu te amo, volta pra mim! ( mas claro, ele disse um simples OI. )


    AAAh, eu sei das coisas viiu? kaoskaosa BeiJemi. By: @Thaliia_Eluar

    ResponderExcluir
  6. Me apaixonei pelo seu blog *-*... posta logoo por favoor

    ResponderExcluir
  7. http://needyounowjemi.blogspot.com/2011/05/selinho.html
    Um selo pra ti, flor. Parabéens *--* Beijos ~

    ResponderExcluir
  8. Faanyh AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH, obrigada, obrigada, obriigadaaaaaaaaaa! *---------------*

    ResponderExcluir